Cerebro-cachorro-Petlove
Quais as mudanças que acontecem no cérebro de um pet idoso
29 de julho de 2020
Bronca-cachorro-Petlove
Entenda porque a punição não deve ser usada na educação dos pets
30 de julho de 2020

Petlove lança Portal de Doenças Veterinárias

Por que é importante ensinar comandos aos cachorros?

Nesta semana, anunciamos o lançamento oficial do nosso Portal de Doenças Veterinárias. A iniciativa teve seu start em outubro do ano passado, em parceria com médicos veterinários e universidades, e agora se destaca como a maior biblioteca de enfermidades que acometem cães e gatos.

Nos mais de 600 textos publicados em nosso site, é possível conferir um resumo das doenças, seus principais sintomas, quais os exames mais comuns para a confirmação do diagnóstico e como preveni-las. A página conta ainda com informações sobre se o problema em questão é uma zoonose (ou seja, se pode ser transmitido para seres humanos), se é emergencial ou contagioso entre animais.

A Coordenadora de Conteúdo Veterinário da Petlove, Jade Petronilho, comemora a novidade. “Por este portal, os pais e mães de pets poderão se informar a respeito das doenças tendo uma ideia menos técnica e mais explicativa sobre o problema enfrentado. Nossa intenção é levar informação de qualidade, explicando o que pode ser feito para prevenir e tratar, mas sempre deixando claro o quanto é fundamental fazer o acompanhamento de todo o processo junto a um médico veterinário”, explica.

Para Marcio Waldman, Médico Veterinário e CEO da Petlove, o Portal de Doenças supre uma necessidade atual de informação em linguagem simples e acessível ao tutor de pets, ajudando no entendimento de doenças de uma forma assertiva e ajudando na prevenção dessas doenças. “Construímos esse conteúdo com renomados médicos veterinários de todo o Brasil, indo totalmente de encontro com a nossa missão, que é tornar pets mais feliz e saudáveis. Espero que todos gostem e utilizem o portal”, afirma.

A página de doenças da Petlove pode ser acessada pela aba “Saúde” do site.

 

Fonte do artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *